Como evitar os pelos encravados na depilação com lâmina?

CLIQUE AQUI PARA RECEBER DICAS DO PATRICINHA ESPERTA NO SEU EMAIL

A lâmina é a maneira mais barata, mais fácil e mais rápida de depilar as pernas, axilas e virilha. Dá para fazer em casa, durante o banho, sem precisar gastar muito e nem perder muito tempo. Por outro lado, a lâmina é uma das técnicas de depilação que mais encrava os pelos. Isso acontece porque eles são raspados e não arrancados direto da raiz, como acontece com a cera, por exemplo. Quanto mais você depilar a mesma região, mais o fio fica resistente, começa a romper e o pequeno pedaço que sobra não consegue crescer e acaba ficando na pele, encravado.

Claro que não é só esta a questão que encrava o pelo. A espessura dele também pode ser um fator que prejudica na hora de depilar. Outro causador de pelos encravados é o formato do fio, que pode crescer de forma desalinhada e dificultar a saída no poro. Os pelos que menos inflamam e encravam são os retos e lisos, que nascem ordenados e em uma direção apenas, geralmente. Já os enrolados saem com mais dificuldade da pele e tendem a inflamar logo depois.

A melhor maneira de evitar o pelo encravado é, sem dúvida, prevenir a inflamação. Como? Em casa mesmo, com poucos produtos e um pouco de tempo e dedicação. Uma das maneiras mais fáceis de se não se incomodar é molhar a pele antes de passar a lâmina. Esta técnica está proibida em peles secas, já que isso vai agredir os poros, que tendem a inflamar. A orientação é sempre lavar bem a área com água morna ou quente, que dilata os poros e deixa o pelo mais soltinho na hora de arrancar e, também, usar em cada passada de lâmina, um sabonete específico para a região.

pelo encravado Como evitar os pelos encravados na depilação com lâmina?

Quando se fala em higiene e prevenção de pelos encravados, é imprescindível que toda depilação você use uma lâmina nova. Ficar reutilizando o mesmo aparelho por muito tempo só piora a situação e pode causar danos à pele. Com o tempo, a lâmina perde sua qualidade e acaba não cortando os pelos de forma correta. O resultado será uma depilação com defeitos e futuros pelos encravados. Na hora de passar a lâmina, o sentido também previne o problema. O correto é sempre passar a lâmina no mesmo sentido que os pelos nascem. O intervalo de crescimento pode variar de dois dias a uma semana.

Especialistas no assunto garantem que a esfoliação pode salvar muitas peles machucadas e pelos encravados. Essa é uma das atitudes que mais previnem o problema, já que retira as células mortas da pele e ajuda no crescimento dos pelos. Quando você faz a esfoliação, está retirando uma camada pequena de pele, que já está sem vida, deixando a pele nova mais lisa e saudável. Pode ser feita por mulheres com diferentes tons de peles e as que têm mais ou menos pelos. Uma dica caseira é misturar mel e açúcar em um pote e passar sobre a pele seca, esfregando em movimentos circulares com as mãos ou com uma esponja vegetal. Mas também há esfoliantes prontos que já possuem um óleo de hidratação na composição, que evita o ressecamento. É sempre bom esfoliar um ou dois dias antes da depilação.

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 9.0/10 (6 votes cast)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: +2 (from 2 votes)

Conte-nos o que achou da matéria usando o Facebook

nossa rede