Qual a melhor cor de cabelo para mulheres negras?

CLIQUE AQUI PARA RECEBER DICAS DO PATRICINHA ESPERTA EM SEU E-MAIL

As mulheres negras, mulatas ou morenas são a cara da beleza brasileira e não é para menos: a pele tem menos rugas, menos manchas e mais resistência. Por outro lado, na hora de escolher a cor do cabelo, muitas dúvidas surgem. Por ser um fio mais escuro e com pigmentação natural forte, geralmente é mais complicado descolorir e encontrar um tom que crie uma harmonia no rosto. Uma boa dica nesta hora é aproveitar a cor natural para ser o fundo da tintura. Ou seja: sempre descolorir a partir do tom que tem na raiz. Assim, você monta um degradê no cabelo.

O bacana é sempre misturar outros dois tons. Por isso, o cabelo das morenas podem ter até três tonalidades, uma sempre sobreposta a outra. A mistura de castanho escuro com mel e dourado, por exemplo, combina e fica em harmonia com a pele. Outra dica é o preto na raiz com as pontas mais claras, como castanho escuro e castanho claro nas pontinhas. É um estilo ombré hair, que fica lindo em cabelo afro. Além do mais, as pontas mais claras iluminam o rosto e realçam a beleza feminina.

Para escolher as cores que mais combinam com o seu perfil, vale consultar um especialista e analisar, além da cor natural do cabelo, o formato do fio, o tom dos seus olhos e também da sua pele. As mulheres que são mais claras, num tom de pele mais puxado para o amarelado, podem investir nas cores mais vivas nos cabelos, como cobre, terra e bronze. As mulheres com tom de pele mais escuro, ficam lindas com mechas douradas ou mel, que iluminam o rosto.

mulheres negras Qual a melhor cor de cabelo para mulheres negras?

A regra do teste antes de passar a tinta no cabelo é a mesma em qualquer situação: é preciso passar antes em uma camada pequena do cabelo, para ver se não há alguma reação alérgica. Outro detalhe importante é preparar o cabelo antes da tintura. A gente explica: como o cabelo afro é mais escuro, vai precisar de mais água oxigenada para descolorir. E esse processo deixa o cabelo mais frágil, tirando do fio, nutrientes importantes. Por isso, antes de fazer a mudança, é indicado fazer muitas hidratações e deixar as camadas capilares bem nutridas.

Depois da tinta, a mesma coisa: muita hidratação. A transformação não poderá ser só de uma vez. É preciso ter calma e ir clareando os fios aos poucos. Entre uma tintura e outra, muita máscara de tratamento intensivo e ampolas de hidratação. Lembre-se que, se sua escolha for as mechas mais puxadas para o vermelho, como cobre, vinho ou cereja, a tentência é desbotar. Isso porque o vermelho é o tom que mais desbota. Então, sempre é bom retocar a cor para não paracer um cabelo queimado.

Vale lembrar que a água oxigenada não pode clarear mais que quatro tons que a cor natural do seu cabelo. Por isso, a orientação dos profissionais é ir com calma na mudança, para não detonar o cabelo. Uma boa dica para começar a mudança é fazer mechas mais finas, não puxando direto da raiz e  do comprimento para as pontinhas. É sempre bacana escolher cores que não ficam tão contrastantes com o tom da raiz. O efeito é um degradê bem estiloso e moderno, que não deixa o visual muito carregado e nem muito chamativo.

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 8.3/10 (7 votes cast)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: +5 (from 5 votes)

Conte-nos o que achou da matéria usando o Facebook

nossa rede