Como a maquiagem pode ajudar mulheres com pele oleosa?

Mulheres que sofrem com pele oleosa muitas vezes acham que a maquiagem é uma inimiga na hora de sair de casa. Elas estão enganadas! Na verdade, a maquiagem não aumenta a produção de óleo no rosto quando bem aplicada e escolhida corretamente. Cada base, corretivo, pó e sombra são feitas para um tipo de pele, inclusive para aquelas com muito, muito, muito brilho! Tem como amenizar a aparência das espinhas, sem deixar o visual pesado e com muito make. É um jogo de equilíbrio e boas escolhas, menina! Você consegue!

O bom mesmo é começar antes da maquiagem. É fundamental fazer uma esfoliação pelo menos duas vezes por semana, antes de dormir, para limpar as camadas mais profundas da pele e também retirar todas as impurezas deixadas pela oleosidade. Depois desta limpeza profunda, o indicado é usar um tônico. Ele vai melhorar a aparência da pele, deixando-a mais uniforme e menos oleosa.

O último passo é hidratar a pele. Diferente do que muitas mulheres pensam, a hidratação ajuda a controlar a oleosidade, deste que você use um creme sem óleo na composição. Esse produto vai deixar a camada mais resistente e menos danificada. Daí, sim, vem a maquiagem. Quando a pele estiver uniforme, hidratada e com bastante nutrientes, a maquiagem se fixará melhor, sem deixar o seu rosto pesado ou com muito brilho.

Os mais indicados para mulheres com pele oleosa são os produtinhos livres de óleos na composição, desde os cremes hidratantes, esfoliantes e também maquiagem. Outro detalhe importante é escolher produtos que sejam hipoalergênicos, que são mais leves e também evitam a produção de óleo na pele. A maneira mais fácil de saber se aquele produto é assim, é vendo no rótulo. Nele você vai ver, também, se a base, o creme ou o corretivo é indicado para pele oleosa.

pele oleosa2 Como a maquiagem pode ajudar mulheres com pele oleosa?

Nada de coisas cremosas, ok? Quanto mais seco for o produto, mais seca ficará sua pele. Por isso, nesse make, é fundamental o pó compacto, pois ele age como um “sugador” do brilho, amenizando a aparência. Esses produtos sem óleos conseguem, também, amenizar a inflamação, que causa acne e espinhas, por este motivo são os melhores para este tipo de pele. Outra coisa é a leveza do make. Nada de passar muitas camadas de base. Quando menos base, mais leve e natural será o visual. E também mais bonito.

A pele oleosa não combina com muitas camadas de corretivo. Ele serve apenas para pequenas imperfeições, como espinhas e olheiras. Por isso, aplique o produto com leves batidinhas, nos olhos, no nariz (onde acumula mais espinhas) e também no queixo. O corretivo pode ser líquido, desde que seja sem óleo na composição. Uma gotinha na ponta do dedo basta para espalhar em baixo dos olhos, na região das olheiras, por exemplo. Ou sobre a espinha. É importante sempre espalhar bem, sem deixar o produto acumular.

Se for um caso crônico de espinhas, vale apostas em produtos que secam a inflamação. Mas eles devem ser passados horas antes do make. Depois vem o corretivo e uma camada de base bem espalhada com pincel é o suficiente. A base também pode ser líquida, mas livre de óleo na fórmula. O segredo está no blush e no pó compacto, que vão secar a oleosidade, deixando a pele bem natural. Vale a pena fazer um teste antes, na palma da mão, para saber qual o tom de base mais indicado para você. O importante é ficar com o rosto do mesmo tom das mãos e do pescoço.

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 8.0/10 (7 votes cast)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0 (from 0 votes)

Conte-nos o que achou da matéria usando o Facebook

nossa rede