Quais Roupas Usar Para Trabalhar?

CLIQUE AQUI PARA RECEBER DICAS DO PATRICINHA ESPERTA EM SEU E-MAIL

Um dia desses me enviaram um e-mail pedindo dicas de como se vestir de forma adequada para trabalhar, mas sem ser “careta”.

É bem complicado dizer o que pode e o que não pode porque essa é uma linha bem tênue, e tudo depende de onde, como e com o que você trabalha, porque, por exemplo, quem trabalha em um escritório de advocacia ou em uma repartição pública não vai se vestir da mesma maneira que uma pessoa que trabalha em uma agência de publicidade, já que, nos primeiros casos, o ambiente é formal, e no segundo a informalidade, via de regra, predomina.

Captura de tela inteira 10072013 191557 Quais Roupas Usar Para Trabalhar?

O Que Não Pode Nunca

  • Saias curtas
  • Saias muito justas
  • Fendas enormes
  • Fendas em geral
  • Decotes médios, grandes e profundos
  • Sutiã a mostra
  • Transparências
  • Short curto (em ambientes formais os shorts nem passam pela porta)
  • Brilhos exagerados (os discretos, em certos ambientes, cabem)
  • Paetês
  • Roupas coladas no corpo
  • Vestidos curtos
  • Vestidos que marquem o corpo
  • Estampas grandes e chamativas (se o seu trabalho for informal e você gostar, ok)
  • Maquiagem exagerada
  • Qualquer coisa muito chamativa
  • Qualquer coisa muito sensual
  • Tênis de corrida (muita gente usa, mas em ambientes formais, de jeito nenhum!)
  • Rendas sem uma “segunda pele” por baixo
  • Umbigo a mostra
  • Barriga a mostra

O que vale lembrar aqui é que você está indo trabalhar, não está indo “sensualizar”. Sua imagem, independente do trabalho que você faça, precisa passar credibilidade, e é nisso que você deve pensar quando for escolher a sua roupa, bolsa, sapato e maquiagem de trabalho.

Captura de tela inteira 10072013 191647 Quais Roupas Usar Para Trabalhar?

Regras Básicas Para Ambientes Formais

Em qualquer ambiente de trabalho a pessoa precisa passar credibilidade, e a roupa exerce um papel determinante nisso, mas em um ambiente formal, mais do que credibilidade, sua imagem precisa ser séria, e, por isso, o visual precisa ser mais sóbrio e discreto.

O que sempre cai bem são as peças clássicas e básicas, que são apostas certeiras, como camisas bem cortadas e sem detalhes chamativos, preferencialmente em tecidos mais “nobres”, tailleurs, calças de corte reto (sem marcar!), ternos, blazers, saias retas e  tons neutros e discretos.

Ambientes Informais

Informal não é sinônimo de “liberou geral”, e por mais informal que um ambiente seja, lembre-se que a sua imagem precisa passar credibilidade.

Assim, nesses ambientes é sim possível usar um jeans, mas que seja um jeans adequado, e não um jeans todo rasgado e super justo. As blusas podem ser menos sóbrias, mas não precisa usar a barriga de fora, o decote no umbigo ou transparências que deixem o seu corpo a mostra. Nada de saias muito curtas, shorts curtos, tênis de corrida, blusas muito justas e calças super apertadas.

As cores aqui podem ser mais chamativas, mas tente evitar os exageros, o rosa flúor, as estampas gigantescas e as misturas de cores chamativas.

Captura de tela inteira 10072013 191446 Quais Roupas Usar Para Trabalhar?

Conforto

Eu sempre parto do pressuposto de que qualquer roupa precisa ser confortável, mas roupa de trabalho precisa ser muito mais, precisa te dar liberdade de movimento, que você possa se mexer, levantar, sentar e andar sem constrangimentos  e sem se preocupar se tem pele aparecendo ou não. Então, o que for curto e justo está fora.

Uma blusa não pode ser curta ao ponto de mostrar a barriga se você precisar levantar os braços para pegar algo, não pode ter decote que mostre os seios se você se abaixar. Nenhuma roupa de trabalho pode machucar, apertar, pinicar.

Respeite o “Espaço” Alheio

Você quer trabalhar e o colega do lado também, mas quem vai conseguir trabalhar com as suas pulseiras balançando igual chocalhos? Quem vai se concentrar enquanto seu perfume doce e super exagerado estiver no ar? Parece besteira, mas não é, e tudo isso deve ser observado.

Como Montar um Guarda-Roupas de Trabalho?

Montar um guarda-roupas básico de trabalho facilita a vida, sobretudo se você escolher as peças certas, aquelas que “casam” umas com as outras e te deixam bem arrumada sempre.

1- Aposte em Peças Neutras

Quanto mais peças neutras você tiver, mais combinações poderá fazer e mais vezes irá acertar, porque com elas não tem erro, já que são fáceis de combinar.

Peças neutras são clássicas e  de cores que combinam entre si, como marrom, caramelho, bege, branco, preto, azul marinho, cinza, grafite e cáqui.

Captura de tela inteira 10072013 191925 Quais Roupas Usar Para Trabalhar?

Para os sapatos e as bolsas adote as mesmas regras.

2- Calça de Alfaiataria

Não ter ao menos uma calça de alfaiataria no armário é praticamente um crime! Elas são as coisas mais neutras e fáceis de combinar do mundo, e te deixam “arrumada”  e muito mais elegante instantaneamente. Fora isso, é uma peça versátil, que fica bem durante o dia, no trabalho ou em uma reunião, acompanhada de camisas ou blusas mais formais,  ou durante a noite, com camisetas divertidas e blusas mais “sensuais”.

O ideal é ter ao menos três: uma preta, uma cáqui e uma cinza, mas marrom, azul marinho e grafite também são boas apostas.Escolha um material bom e pague mais por ela, porque é uma peça que você vai usar muito e que vai compensar cada centavo.Opte pelas retas e que não marquem o corpo, o que é fundamental!

 3- Saia de Corte Reto

Saia de corte reto, que não marque o corpo e que vá até a altura do joelho é tão importante quanto a calça de alfaiataria. É uma peça versátil, que vai bem com tudo, pode ser usada durante o dia e durante a noite e que dá pra montar vários looks diferentes, de estilos diferentes dependendo dos complementos.

As cores devem ser as básicas: preta, a principal, grafite, cinza claro, marrom, cáqui e marinho.

4- Blazer

É uma peça clássica, básica e essencial!

São milhares o modelos, mas os melhores e mais usáveis, que sobrevivem aos modismos, são os básicos e clássicos, levemente acinturados e com o comprimento na linha dos ossos da bacia.

Ele complementa qualquer look, e sempre dá um toque mais “arrumadinho”. Comece sempre pelas cores clássicas, que são aquelas que todo mundo precisa ter, e depois, se for o caso, parta para cores mais diferentes, mas discretas.

5- Camisa Branca

É clássica, é básica, vai com tudo e você precisa de uma (ou umas!) da melhor qualidade! Escolha uma básica, que combine com tudo e seja neutra, porque aí você pode “brincar” com os acessórios.

Camisa, aliás, é bom ter de todas as cores clássicas, mas cuidado com as transparências! Se isso acontecer ,vista uma regata fina da mesma cor da camisa por baixo.

 Captura de tela inteira 10072013 191930 Quais Roupas Usar Para Trabalhar?

6- Terno

Um terno feminino é um clássico no seu armário, que salva naqueles dias em que a gente não sabe exatamente o que vestir. Basta usá-lo para ficar elegante imediatamente, sem grandes esforços.

Um bom terno preto, com blazer acinturado e calça de corte reto é um investimento mais que certeiro.

7- Camisas Diversas

Eu não tenho nem noção de quantas camisas tenho, porque é, com certeza, a peça que mais compro! Comecei com as brancas e tenho de todas as cores, porque é só colocar uma calça de alfaiataria, uma saia reta ou um jeans neutro e de corte reto pra ficar pronta!

É a coisa mais prática da vida, e nos deixa bem arrumadas sempre, sem precisar de muito esforço, sabe? Essas peças são as melhores justamente por isso, porque quase nunca dá tempo de elaborar looks, então é só pegar as peças “certeiras” e misturar entre si.

8- Vestido Básico

Um, ou uns, vestido básico, reto, na altura do joelho, sem decotes exagerados e, preferencialmente, sem mangas, tipo um tubinho mesmo, vale ouro! Dá pra usar com uma camisa, com um blaser, com casaquinhos mais arrumados e com diversas outras peças.

Preto, cáqui e marinho são essenciais! E invista mais nesse tipo de peça, porque elas, dependendo dos acessórios, podem ser usadas em muitos momentos!

Os Extras

É claro que você pode incrementar com coisas diferentes, pequenos detalhes e acessórios diversos, pra dar mais personalidade ao look, mas pra montar um guarda roupas de trabalho funcional temos que começar com os básicos.

As bolsas, por exemplo, que sejam de cores neutras, pra combinar com tudo. Nos ambientes mais formais, evitem as espalhafatosas, as muito grandes ou as muito coloridas.

Para os sapatos vale o mesmo. Nada de scarpim vermelho de verniz em uma repartição pública, muito menos aquela sandália de oncinha que você adora, ou a bota de “cobra” que você não tira dos pés. Isso você usa fora do trabalho. Para trabalhar, cores neutras, básicas, mas, nem por isso, sem graça.

Acessórios

Minha única regra para acessórios que vale para qualquer ambiente é: ele não pode fazer barulho! Quem trabalha precisa de concentração, e como se concentrar se a pulseira, o colar ou os brincos ficam chocalhando o tempo inteiro? Acho de uma falta de bom senso tremenda, porque você acaba atrapalhando as outras pessoas.

Para ambientes formais, nada de exageros, de peças muito grandes, muito coloridas ou chamativas.

Quando se trata de ambientes profissionais, menos é sempre mais, por mais clichê que seja.

Claro que você não precisa abrir mão da sua personalidade e do seu estilo nos ambientes de trabalho, mas faça isso em pequenas doses, nos pequenos detalhes, pra não comprometer o resultado final.

Beijos

Ju Lopes

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (1 vote cast)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: +2 (from 2 votes)

Conte-nos o que achou da matéria usando o Facebook

nossa rede