Acabe com a cólica menstrual em cinco minutos!

Já é um incômodo toda vez que a menstruação aparece. Mas ficar com cólica nesse período é pior ainda. Ela pode ser fraca ou fortíssima, que sempre incomoda. Conhecida pelos médicos de dismenorreia, a cólica menstrual começa com o final do ciclo. É provocada pela liberação de prostaglandina, substância que faz o útero contrair para eliminar o endométrio (camada interna do útero que cresce para nutrir o embrião), em forma de sangramento, durante a menstruação, quando o óvulo não foi fecundado. Quanto maior forem as contrações, maior será a dor. Mesmo que seja “normal” sentir cólica, ela não deve passar despercebida.

E não se sinta a única mulher a ter esse incômodo todo mês: de acordo com uma pesquisa feita no país inteiro, 50% das mulheres sentem cólicas menstruais em alguma fase da vida. Ela pode ser primária, quando a causa é o aumento na produção de prostaglandina pelo endométrio, e secundária, quando resultante de alterações patológicas no aparelho reprodutivo. E, claro, o principal sintoma é a dor na região do ventre, e pode atingir as costas durante a menstruação. E olha que tem mulher que sofre tanto com isso, que chega a ficar de cama, com náuseas, vômitos, dor de cabeça e, nas mamas, inchaço.

O primeiro passo para tratar é diagnosticar o caso da sua cólica. E, depois, com a ajuda do médico, você pode adotar medidas como a prática de exercícios aeróbicos que ajudam a liberar endorfina, aplicação de calor local e dieta rica em fibras. Quando a cólica é secundária, pode ser necessário recorrer ao tratamento cirúrgico ou com medicamento.

colica Acabe com a cólica menstrual em cinco minutos!

São recomendados alimentos com fibras, ômega 3 e muita água para fazer o intestino funcionar e impedir a compressão do abdômen. Chá de camomila e de erva-doce também são santos remédios, pois acalmam a musculatura da região e possuem ação anti-inflamatória. Antes, e até mesmo durante a menstruação, é indicado fazer alongamentos, caminhadas leves e até arriscar na natação ou na bicicleta. O exercício ajuda a liberar endorfinas, que possuem propriedades analgésicas, que acalmam a dor.

Uma dica da época da vovó e que funciona muito bem é tomar banho quente ou deixar uma bolsa de água quente na região do ventre. Isso alivia a dor e relaxa a musculatura, porque estimula a vasodilatação das artérias que irrigam o endométrio, causando um relaxamento momentâneo. Outra solução é trocar o anticoncepcional. Mas, para isso, você deve conversar com seu médico sobre qual a melhor opção de medicamento para você. Se a cólica for intensa e forte, você pode fazer um tratamento com outros medicamentos. Mas só com indicação médica.

Para evitar ter cólica, é necessário levantar o bumbum do sofá e dizer não a uma vida sedentária. Os melhores exercícios antes de ficar menstruada são os aeróbicos moderados, que ajudam a aliviar a dismenorreia primária. Ingerir alimentos que retardam o trânsito intestinal, como frituras, bebidas alcoólicas e alimentos processados, pioram a situação. Beber água é fundamental, assim como comer frutas e verduras com fibras. Evitar a cólica é simples, é fácil, barato e prático. Basta colocar em prática estas dicas!

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/10 (0 votes cast)
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0 (from 0 votes)

2 comentários

  1. Luciana
    Publicado em 07/01/2013 às 10:37 [+]

    Sou uma das que sofrem com a bendita cólica, a minha é tão forte que não consigo levantar do lugar…

    VA:F [1.9.22_1171]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    VA:F [1.9.22_1171]
    Rating: 0 (from 0 votes)
  2. marlene
    Publicado em 08/01/2013 às 9:33 [+]

    sofro tanto com a colica que fica impossivel até andar.já foi em alguns medicos e nenhum consigui resolver o problema.Além que se tomo medicamneto a menstruação corta e a dor continua.O que faço?

    VA:F [1.9.22_1171]
    Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
    VA:F [1.9.22_1171]
    Rating: 0 (from 0 votes)

Conte-nos o que achou da matéria usando o Facebook

destaques